MENSAGENS


A Festa de Hanuk

Primeiramente, o que significa a palavra hebraica Hanuk? Hanuk (ou Chanuc) significa consagrao ou dedicao, tambm a mesma palavra que tem seu significado, para treinar, ensinar uma criana. Como nos diz o sbio Salomo.

Educa a criana no caminho em que deve andar; e at quando envelhecer no se desviar dele. (Pv.22:6)

Esta festa tambm conhecida no meio judaico como Festa das Luzes.
E em Jerusalm havia a festa da dedicao, e era inverno. E Jesus andava passeando no templo, no alpendre de Salomo. (Jo.10:22,23)

Vemos Yeshua (Jesus) passeando no Templo na comemorao da Festa da Dedicao. Essa passagem a nica passagem bblica no Novo Testamento que se refere referida festa. No encontramos esta celebrao no Antigo Testamento porque o fato que deu origem a esta festa ocorreu no ano 162 a.C.
Contexto histrico.
Vindo da Macednia, o imprio grego expande-se de maneira significativa, conquistando desde o Egito, Oriente Mdio, at a ndia. Depois da morte de seu grande Imperador, Alexandre (336-323 a.C.), vrios generais lutam pelo controle do Imprio.

O imperador selucida, Antiocus Epiphanes (175-163 a.C.), conquista o domnio sobre a regio do Oriente Mdio e investe fortemente contra toda a regio da Judia, impondo os costumes, as tradies, a religio e o pensamento grego Helenstico.
Para os judeus, ele probe a circunciso, a observncia do Shabat, todas as restries de comida (Kashrut), e estipula que apenas porcos poderiam ser sacrificados no Templo.

Ele mesmo, num gesto de desrespeito e profanao, oferece um porco como sacrifcio a Zeus, no interior do templo, no Santo dos Santos.
Todos os utenslios do interior e exterior do templo so retirados, e o local passa a ser mais um templo do deus grego Zeus.

interessante frisar que a cultura e o pensamento grego eram muito bem aceitos pelos povos dominados. O culto mente humana, aos pensamentos filosficos revolucionrios e modernos eram vistos como expresses de uma cultura extremamente mais desenvolvida. Com exceo de Israel, o pensamento e os costumes helensticos eram aceitos, quase em sua maioria, de maneira espontnea e no obrigatria, j que um dos aspectos gregos de domnio era a no imposio da sua religio.

Os povos dominados eram todos politestas e a aceitao de um ou mais deuses de uma cultura muito mais avanada no representava grande problema.

Mas, claro, com a nao de Israel no foi assim. Os judeus sempre foram um povo distinto e separado das outras naes pelo fato de crerem em um s Deus e de terem mandamentos, estatutos e ordenanas especficos. Por este motivo, o domnio grego em Israel foi bem mais brutal e violento.

Certo dia, um oficial srio ordena que Matitiahu Ha Macab (Mateus, o Martelo ou o Macabeu), cabea de uma importante famlia de sacerdotes do Templo, oferecesse um porco no altar. Matitiahu, juntamente com seus cinco filhos, do incio a uma revolta judaica, matando o oficial srio e todos os seus soldados.

Sob a liderana de Matitiahu, outros judeus aderem revolta. Por oito anos o exrcito dos Macabeus lutou pela libertao de Jerusalm e de Israel. Aps a morte de Matitiahu, seu terceiro filho, Yehuda H Macab (Jud, o Macabeu), assume o controle da revolta e leva o exrcito dos Macabeus vitria sobre o exrcito grego-srio no ano de 165 a.C. Yehuda ha Makabi (Jud o Macabeu) lidera seu grupo contra as tropas gregas, libertando Jerusalm
O Milagre
Livres ento do domnio e da ocupao do exrcito grego-srio, os macabeus do incio purificao do Templo em Jerusalm. No dia 25 do ms de Kislev, no ano 162 a.C., eles realizam com grande celebrao a rededicao do Templo com a consagrao de um novo altar.
O chamado ner tamid (fogo eterno) foi novamente aceso na menor, o grande candelabro de sete pontas do interior do templo. Mas o leo de oliva consagrado para queimar na menor era suficiente para mant-la acesa por apenas um dia e levaria no mnimo uma semana para se preparar mais leo Ento, por um milagre do Deus Todo Poderoso, o fogo na menor continuou queimando por mais 8 dias, tempo necessrio para a preparao do novo leo, conforme o relato no livro de II Macabeus.

Alguns rabinos e autoridades judaicas consideram como sendo milagre no s os oito dias da queima do leo na menor do interior do Templo, mas tambm a vitria do exrcito dos Macabeus sobre o poderoso exrcito srio-grego. Eles lembram que o exrcito dos Macabeus era, em sua maioria, composto por sacerdotes, os quais no possuam experincia em batalhas, armas ou tticas de guerra. Eles se refugiavam nos montes e nas cavernas ao redor de Jerusalm e atacavam de noite, sob a forma de ataque surpresa em diferentes pontos da cidade.
A Festa para os judeus
Desde ento, os judeus celebram a chamada Festa da Dedicao (ou festa de Hanuk) todos os anos durante oito dias, representando os oito dias do milagre do fogo no Templo. O maior smbolo de Hanuk o candelabro de nove pontas a Hanuka, como chamada.
A Hanuka possui oito velas e uma vela central, mais alta que as outras, chamada de Shamsh (servo), com a qual todas as oito velas so acessas, uma a cada dia. costume judaico colocar a Hanuka na janela das casas, de maneira que todos possam v-la e se lembrar do milagre.
Tambm comum, nas noites de Hanuk, a comunho familiar e entre amigos. O uso de jogos durante Hanuk surgiu na Idade Mdia, quando os judeus eram proibidos de guardar as tradies e as festas. Eles ento, durante as festas, utilizavam de variados jogos, para que se algum estranho os visse, no desconfiasse de que se tratava de judeus realizando alguma cerimnia.
Dentre estes jogos, os mais usados eram a Dama e o Dreidel (dado). Este ltimo era muito utilizado durante Hanuk e acabou por se tornar um dos smbolos da mesma. No Dreidel, tem-se um dado de 4 faces, e em cada face uma das seguintes letras do alfabeto hebraico: nun, gumel, hi e shin, que so as iniciais da frase:

(Ns gadl hai shm) Um grande milagre ocorreu l!. A Hanuka (candelabro de 9 pontas) se tornou o smbolo da Festa de Hanuk
Os judeus celebram esta festa expressando a alegria de serem judeu, o povo escolhido por Deus
Qual seria o significado desta festa para os discpulos de Yeshua?
Cremos que os seguidores de Yeshua (Jesus) tm bons motivos para celebrar esta festa bblica, se assim o desejarem. Como falamos no inicio jesus esteve nesta festa.

Falou-lhes, pois, Jesus outra vez, dizendo: Eu sou a luz do mundo; quem me segue no andar em trevas, mas ter a luz da vida. (Jo.8:12)

O tema principal de Hanuk a re-consagrao do Templo!
Ou no sabeis que o vosso corpo o templo do Esprito Santo, que habita em vs, proveniente de Deus, e que no sois de vs mesmos? Porque fostes comprados por bom preo; glorificai, pois, a Deus no vosso corpo, e no vosso esprito, os quais pertencem a Deus. (I Co.6:19,20)

Relata que ns, crentes nascidos de novo, somos o Templo do Esprito Santo. Os crentes no judeus so co-herdeiros em Yeshua das promessas de Abrao.
E, se sois de Cristo, ento sois descendncia de Abrao, e herdeiros conforme a promessa. (Gl.3:29)

Nesta celebrao, ns temos a oportunidade de nos re-consagrarmos, re-dedicando nossas vidas integralmente a HaShem. No que precisemos de um dia especfico para uma re-consagrao. Afinal, estamos debaixo da graa de Deus.
Mas, trata-se de uma oportunidade na qual podemos celebrar esta data, alegrando-nos coletivamente por termos sido salvos, agradecendo a Deus por este privilgio, enquanto tantos ainda perecem separados de Deus e da comunidade dos salvos.
Apesar de sermos a luz do mundo, vivemos em um mundo que jaz em trevas, que muitas vezes nos contamina, exercendo sobre ns todo tipo de influncia negativa.
Ento, neste dia sentimos a liberdade de fazer nossa re-consagrao, declarando coletivamente que somos livres de qualquer peso e jugo em Yeshua Ha Mashiach.

Se meditarmos um pouquinho sobre quantas vezes pecamos quando comemos, bebemos, ouvimos e vemos o que no deveramos, ou quando tocamos em coisas que no deveramos tocar, etc., encontraremos muito sentido em nos re-consagrarmos. Arrependemo-nos, ento, e consagremo-nos ao Eterno de Israel. Deus nos d a santidade, mas quem decide manter-se em santidade somos ns.

Lembremo-nos dos livros de Esdras e Neemias quando reconstruram o Templo. A primeira coisa que eles fizeram foi reconstruir o altar, depois o Templo propriamente dito e, finalmente, os muros. Em outras palavras, no se consagra o Templo sem que se passe primeiro pelo altar de sacrifcio, local de arrependimento e de santificao.

Isto tambm se aplica a ns. Primeiro, passamos pelo altar do Senhor nos arrependendo. Depois, sim, re-consagramos nossa vida, santificando-nos e nos purificando. Toda esta dedicao do nosso corpo (o Templo) ao Senhor s pode ser feita por meio do Esprito Santo, simbolizado pelo leo que multiplicado, derramado em nossas vidas, revelando a pessoa de Yeshua H Mashiach.
Assim como o azeite colocado na Menor (candelabro de 7 pontas) ou na Hanuka (candelabro de 9 pontas) era puro, sem cheiro e sem fumaa quando queimado, assim tambm deve ser nossa vida para Adonai. Para ns uma mitzv(mandamento) ter que brilhar e reluzir graciosamente a beleza da natureza de Deus em ns por meio de Seu filho Yeshua.
Agora, entendendo um pouco mais sobre a Festa da Dedicao, podemos celebr-la alegremente nosso culto de Ao de Graas.

Porque, que ao de graas poderemos dar a Deus por vs, por todo o gozo com que nos regozijamos por vossa causa diante do nosso Deus. (I Tess.3:9)

E receba o seu milagre!

Hoje quero liberar trs decretos baseados neste tema to importante para quem quer deixar os rudimentos de ROMA e seus demnios.

1; que a proviso miraculosa enviada por DEUS venha sobre nossas vidas.

2; que tenhamos completa certeza que DEUS O ETERNO derrotar todos os nossos inimigos fsicos e espirituais.

3; que nada venha roubar o nosso tempo de dedicao ao DEUS DE ISRAEL, a nvel pessoal, familiar, e nacional.

Hag Hanuk Sameach! Feliz Festa de Hanuk!

Autor: Marcelo M. Guimares

Mensagens Anteriores